Autor: ciib-admin@

0

 Acertando o rumo da Família  Jayro Gonçalves (Artigo reaproveitado de publicações anteriores)  “Ele endireitará as tuas veredas” (Provérbios 3:6b) Tem a tradição definido o mês de maio como o mês da família. Infelizmente o comportamento humano tem se direcionado para atitudes que visam mais a satisfação dos interesses egoístas do lucro fácil do que para iniciativas que motivem reflexões profundas e decisões corretas no sentido de se acertar o rumo da família, levando-a a cumprir a vontade de Deus e a realização dos seus verdadeiros alvos.É a família uma instituição de Deus para a realização dos Seus Soberanos propósitos. Não há…

Leia mais

Busquei dentre eles um homem Ronaldo E. Watterson Publicado no Informativo IDE, 1991  “E busquei dentre eles um homem que estivesse tapando o muro e estivesse na brecha perante mim por esta terra, para que eu não a destruísse; mas a ninguém achei” Ezequiel 22:30 Um dos fatos mais surpreendentes nas Sagradas Escrituras é que Deus desejou, e ainda deseja, ter o homem associado intimamente com Ele. O Onipotente, o único que pode ser realmente independente, condescende ao ponto de querer trabalhar em união com homens mortais. Creio que isso deve causar tanta admiração entre as hostes angelicais, como adoração…

Leia mais

A Segunda vinda do SenhorApocalipse 19:11-16; 20:4-6Richard Dawson Jones(Transcrito)© 2005 – 2006 Copyright www.bible-facts.infoAlém da certeza da salvação para todo crente em Cristo, encontramos na Bíblia um outro fato igualmente salientado: a segunda vinda do Senhor Jesus ao mundo. Esta segunda vinda é a grande esperança da igreja, trazendo a consumação de todas as promessas e a coroação de todo o trabalho evangélico.”Esse Jesus que dentre vós foi recebido no céu, assim virá do modo como O vistes subir” (Atos 1.11). Aqui temos uma das muitas profecias bíblicas que tratam da segunda vinda do Senhor. Parece que esta vinda será…

Leia mais

A distinção entre Israel e a IgrejaEdilson PereiraGálatas1:1-9O autor da carta – Paulo (1:1), seu nome aparece outras vezes em (5:2) mas não há nenhum argumento contra a autoria de Paulo. Os dados históricos dos capítulos 1,2 confirmam que foi Paulo quem a escreveu.Pano de fundo da carta – A medida em que o Evangelho era pregado em terras gentílicas, e os gentios professavam fé no Senhor Jesus Cristo, os problemas começavam a aumentar. Estes problemas eram levantados pelos judeus; qual seria o relacionamento dos gentios com a lei de Moises? Eles poderiam ignorá-la completamente? Não deveria ela ter lugar,…

Leia mais

Características de um DiscípuloJayro Gonçalves(Transcrito de edições anteriores do Boletim dos Obreiros)­­Lucas 9:23A expressão “discípulo”, que significa “seguidor”, é uma das mais importantes do vocabulário cristão. Designa os que são cristãos autênticos distinguindo-os dos meramente nominais. Vemos a expressão em momentos solenes e muito especiais da experiência cristã:A. Quando o Senhor Jesus escolheu os doze discípulos que deveriam acompanhá-Lo em todo o Seu ministério, dentre os demais, aos quais deu o nome de apóstolos (“enviados” ou “comissionados”), agiu de maneira sobremodo O ato foi tão especial e importante que o Senhor Jesus, antes de praticá-lo, “retirou-se para o monte, a…

Leia mais

Reflexões de Fim de AnoJayro Gonçalves(Transcrito do Livro Crônicas Textuais – Edições Cristãs – 2007 – p. 257-259“Portanto, meus amados irmãos, sede firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o vosso trabalho não é vão” (1ª Co. 15:58).Dezembro é um mês turbulento e cheio de emoções que nos envolve com situações peculiares ao término do ano. Somos levados a reflexões profundas, que afloram naturalmente em razão do fim de mais uma etapa de nossa vida, para verificação dos resultados que alcançamos na execução dos projetos estabelecidos no início do período.São os balanços inevitáveis que…

Leia mais

ANO XXVIII – Nº 275 – Novembro de 2023UMA CORRIDA QUE VALE A PENAWilliam CrawfordHebreus 12:1–4Creio que os leitores desse amado Boletim dos Obreiros gostam de assistir a programas esportivos. Eu pessoalmente gosto de assistir Fórmula 1. Ao observarmos a mudança das equipes deum país para outro e de uma pista para outra, destaca-se o trabalho “em equipe”. Cada um desempenhando a sua função, tendo como foco a próxima corrida, cuidando de cada detalhe desde a montagem até a bandeirada final.Nesse ínterim, vêm os treinos classificatórios, agora além do trabalho da equipe, entra um personagem importante em ação – o…

Leia mais

ANO XXVIII – Nº 274 – Outubro de 2023 Clérigos e leigos Uma distinção não bíblica Por: Adonias Gonçalves Clérigos e Leigos – Uma distinção não bíblica  Tens, porém, isto: que odeias as obras dos nicolaítas, as quais eu também odeio. (Ap. 2:6) Assim tens também os que retém a doutrina dos nicolaítas, o que eu odeio. (Ap. 2:15) As cartas às sete igrejas da Ásia Menor descrevem a maneira que o Cristo ressurreto vê a Sua Igreja no decorrer da história. Embora tais assembleias de fato existissem no primeiro século da Era Cristã, nelas podemos perceber as características do…

Leia mais

ANO XXVIII – Nº 273 – Setembro de 2023A Graça que basta!Por: Eder Lúcio Rodrigues FerreiraNestes dias me peguei pensando em um termo muito comum: “a graça de Deus”. Logo, meus pensamentos foram levados para o texto de 2Coríntios 12:7-10, que traz uma expressão impactante:“A minha graça te basta”; ou como na versão NVI: “Minha graça é sufi- ciente”. Imediatamente comecei a questionar: – “que graça é esta que se torna suficiente em minha vida?”.No Novo Testamento o termo “graça” ocorre 155 vezes, sendo cerca de 100 vezes nas Epístolas de Paulo, e 18 vezes especialmente em 2Corínitos. Para Paulo,…

Leia mais

A denominação de “irmãos” (1873-1949) Traduzido e transcrito por R. David Jones William Edwy Vine nasceu em 1873 de pais crentes que se reu- niam na igreja de Blandford, Dorset na Inglaterra. Mudaram-se para Exeter e foi na igreja dali (Fore Street) que se converteu e foi batizado aos catorze anos, passando a ser membro dela. Dedicou-se aos seus estudos escolares obtendo os graus de bacharel e mestre em estudos clássicos da Universidade de Londres. A essa altura ele já era bem conhecido como pregador do Evangelho e mestre no ensino das Escrituras, tendo adquirido um pro- fundo conhecimento das…

Leia mais